terça-feira, 23 de setembro de 2008

Ausência de Remorso ou Culpa

Sociopatas não se arrependem nem sentem remorso, ao menos como as pessoas normais sentem. Pelo contrário, sua especialidade é culpar os outros. Têm forte uma tendência de culpar as outras pessoas por suas próprias ações e falhas. Frases como “quem começou foi você”, “eu só agi assim em resposta ao que você fez” ou “nada disso teria acontecido se você não tivesse feito aquilo” são clássicas deles. Quando não podem escapar do fato de que realmente praticaram uma má ação, podem chegar ao extremo de atribuir sua atitude à influência de demônios, para tentarem se eximir. Reagem à critica com raiva, vergonha e sentimento de humilhação, mesmo que não os expressem. Parecem certos de que nunca cometem equívocos. Sempre apresentam desculpas para seus descuidos. Comumente se utilizam de racionalizações para justificar o fato de terem ferido, maltratado ou roubado outras pessoas. Sua ausência de remorso é especialmente observável quando se engajam em humilhar, ridicularizar e desprezar suas vítimas (maiores detalhes no post “Abuso Verbal”). (Muito embora, na maior parte dos casos, a agressão ocorra apenas em situações em que o agressor e a vítima encontram-se a sós, pode também se dar de forma mais sutil na presença de outras pessoas, como diante de familiares, colegas de trabalho ou no grupinho de amigos.) Todos os sociopatas têm uma característica em comum: colecionam histórias de como foram injustiçados por amigos, familiares ou outras pessoas do seu convívio. O relato é sempre o mesmo: foram perseguidos, mas são inocentes. Não importa o contexto, o teor das histórias revela sempre um coitadinho, vítima de pessoas más e sem consciência. Contando isso com sua peculiar capacidade de persuadir, o sociopata se passa pelo bonzinho ao mesmo tempo em que segrega grupos, e coloca em dúvida o caráter e a honradez de quem não pode se defender. Por esse motivo, alguém afirmou: “Quando um psicopata se queixa de como os outros o estão tratando, atente bem para quem está sendo a provável vítima.” Eles aparentemente não apresentam a sensação física que reconhecemos como culpa. Podem até sentir medo, raiva, tristeza no momento, mas não culpa pelo que fizeram ou estão prestes a fazer. Um sociopata afirmou para o Dr. Michael G. Conner: "As pessoas sabem quando alguma coisa é errada porque elas sentem que é errada. Eu necessito ser constantemente lembrado de que roubar é uma prática condenável. Eu simplesmente não consigo sentir culpa ao subtrair coisas das pessoas.” Por outro lado, a psiquiatra forense Helen Morrison ressaltou em entrevista à CNN: “O pior indivíduo é aquele que não tem absolutamente nenhuma consciência [ou remorso] pelo erro. (…) Mas alguns podem sentir remorso até um certo ponto, embora isso não vá impedi-los de cometer qualquer coisa que desejem, seja uma operação financeira irregular, magoar os amigos e familiares ou praticar assassinatos em série.” De fato, o arrependimento e o remorso dos sociopatas é sempre autocentrado. Em outras palavras, eles podem até ficar tristes por algo que fizeram, mas isso por causa das conseqüências negativas que sua atitude acarretou contra eles próprios.

27 comentários:

  1. Carolina de Freitas Gonzalez é uma dessas pessoas.

    ResponderExcluir
  2. Fui casado 6 anos com uma mulher que se encaixa plenamente , totalmente, veementemente, 100% em tudo descrito no texto... Meu deus !!!.so o senhor sabe o quanto sofri psicologicamente com Carla oliveira barros, conseguia me colocar como culpado por tudo de ruim que aconteceu na sua vida , acreditem eu era o culpado ate por coisas que aconteceram antes mesmo de nos conhecermos... Me traiu , velou o amante para nossa casa e me culpou por isto, dizendo que era tudo culpa minha e que me trair era a forma de se defender de mim... E de toda a família dela própria.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. MEU MARIDO E ASSIM E SO DEUS PRA ME MANTER DE PE;POIS ESTOU PERDIDA E TEMO EM ERRAR AO ME SEPARAR.PENSO MUITO NOS DOIS FILHOS QUE TEMOS TAMBEM...EU NAO VIVO A MINHA VIDA VIVO A DELES.MEU DEUS COMO E ANGUSTIANTE VIVER ASSIM.

      Excluir
    2. Realmente ela é uma psicopata,fica longe dela.

      Excluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    4. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    5. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  6. CONVIVO COM UMA PESSOA ASSIM;ESTOU NA DEPRESSAO;E SO DEUS PRA ME AMPARAR.VIVO PELOS MEUS FILHOS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. DEUS vai entrar com providências em sua vida...

      Excluir
  7. CONVIVO COM UMA PESSOA ASSIM;ESTOU NA DEPRESSAO;E SO DEUS PRA ME AMPARAR.VIVO PELOS MEUS FILHOS

    ResponderExcluir
  8. Eu sou assim e não é nenhuma maravilha, as pessoas reclamam tanto de que forma vitimas dessas pessoas mas não tem ideia de como é viver sem ter nenhuma bussola moral própria. E não é só ausência de culpa, tem a ausência de vários sentimentos como felicidade e tristeza ou são muito fracos, passo maior parte do meu tempo reagindo da forma que esperam que eu reaja, pq simplesmente não tenho uma reação minha pra nada! Nada me entristece ou deixa realmente feliz, apenas faço o que uma pessoa faria em alguma situação, se a alguém choraria com o que aconteceu eu choro, se alguém riria eu rio sem sentir nada. Eu conto com pessoas que sabem do problema e me ajudam pra não fazer nada muito errada e me avisam quando eu to manipulando alguém pq faço isso automaticamente desde pequeno, elas sabem que eu não presto e sacrificaria uma delas pra continuar vivo e mesmo assim ficam do meu lado, e isso as vezes me parece absurdo, pq apesar de quererem ajudar a não fazer coisas erradas e manipular pessoas é quase como se eles fossem mais alguém que estou usando ou manipulando pra beneficio próprio e nem sei quando que fiz algo pra merecer essa ajuda, não entendo pq em algum momento começaram a me considerar amigos. As vezes eu queria que existisse uma cura pra isso, mas só as vezes, pq quando vejo pessoas que vivem chorando ou tristes penso que essas sensações não me fazem nenhuma falta.

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Como fazer para sair de uma relação com uma pessoa assim? tão difícil largar tudo quando se tem 2 filhos...

    ResponderExcluir
  11. Eu sou assim dessa mesma forma que escrito,sou manipulador nao sinto remorso,nem culpa nao fico triste nem feliz e em problemas do mesmo risada!!!
    Trai minha namorada,No outro dia meu sogro soube e veio tira satisfaçao comigo,acabamos brigando então,com toda boa e bela vontade dei uma bela paulada na cabeça dele,ele caiu com merda eu me senti tao bem,depois disso entrei o meu carro um jeep e dei macha ré no carro dele o carro dele amaço como uma latinha dei muita risada kkkkkkkkkkk e nao sinto nada !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. você é um doente e realmente precisa de ajuda psiquiatríca com urgência.

      Excluir
  12. vivo com uma pessoa assim e um dos seus ultimos atos foi cometer uma barbaridade com um vizinho do bairro onde moramos. Pior que ele não sente culpa remorso nada.Faz isso com os pais irmãos.E uma pessoa totalmente do mal.Estou arrasada preciso muito de ajuda pois esse ato dele acabou comigo.

    ResponderExcluir
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  14. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  15. Sou exatamente assim, mais não é porque quero. Simplesmente nao consigo ser diferente. Ate na morte do meu pai eu nao consegui sentir nada, foi como se uma pessoa que eu jamais tivesse visto tinha morrido.

    ResponderExcluir